Zulmar Lopes

O Centauro de Saramago

O Centauro de Saramago

Conheceu a Nélida no salão de cabeleireiro. Fora fazer um corte a máquina e a gerente, uma felliniana de quase 100 quilos, a convocou para executar o serviço. Sentado na cadeira, observando-a através do espelho, Ignácio sentiu o célebre desconforto machista em ser atendido por um travesti. Suas mãos eram pesadas, mãos de homem, a despeito da tentativa de figura feminina que Nélida se esforçava em representar. Não fosse o leve azular da barba…
[…]

Anúncios

A bala que se encontra

Dúvidas nunca atormentam quem quatorze anos completa. Somente certezas. Certezas emolduradas pela miséria pungente transbordada pelos becos estreitos da favela onde habitava. Decidira assim abraçar o banditismo. Não esperou a maioridade. Naquele ramo iniciava-se cedo. Infante. Esse seria seu apelido.
[…]

Dona Dora

O que me trouxe aqui é uma história pra lá de inusitada, seu Júlio. Caso o senhor disponha de tempo, gostaria de narrar os acontecimentos nos mínimos detalhes para lhe inteirar de todas as circunstâncias. Espero que ao final da minha narrativa você, desculpe-me, o senhor tenha dados suficientes para poder nos ajudar, livrando-nos deste pesadelo. É difícil iniciar o relato desta estranha, e porque não dizer, desagradável experiência, mas é melhor deixar os rodeios de lado e ir direto ao assunto.
[…]

Véio China e a Sessão Espírita

Véio China e a Sessão Espírita

Fazia uma penca de meses que eu não falava com o Véio. Não que houvéssemos nos desentendido, por dinheiro ou mulheres, únicos motivos para dois homens adultos e imaturos se digladiarem. Nem mesmo questões literárias, já que a admiração era mútua.
[…]

O Último Dia da Miserável Vida de Afrânio

Afinal, por que eles me perseguem? Escondido, mal sei onde, enquanto aquela dupla desgraçada está lá, à minha espera, com o único objetivo de eliminar-me, varrer minha já tão insignificante vida da face da Terra. Se ao menos houvesse um motivo… Que mal fiz a eles, meu Deus? Existir! Este foi o meu mal!
[…]

A Mulher e o Gorila

A Mulher e o Gorila

… e o segredo é a sincronização. A mulher e o gorila têm que estar em marcações certinhas, para que a imagem de um sobreponha a do outro no reflexo do vidro. Só não é um truque mais velho do que o circo porque a lâmpada foi inventada por Thomas Edson somente no século 19, meu camarada. Mas é claro que é necessário ter luz!
[…]

O Presente

O Presente

Quarenta e três anos, trezentos e sessenta e três dias e algumas horas. Daqui a dois dias farei quarenta e quatro. Difícil imaginar que tanto vivi. Besteira! Sou jovem ainda. Volta e meia me pego feito um velho falando. Velho aos quase quarenta e quatro?
[…]