Flávia Valente

O Circo

O Circo

O circo fechou
Palhaço não tem mais
Pra nos fazer rir
Não tem mais trapezista
Não tem mais bailarina

Dormi

Dormi

Dormi
E dormi porque quis dormir
Dormi um verso
Do avesso
[…]

Grito

Grito

Sem, no entanto, a mesma elegância de Cartola
Grito aos corredores do prédio
O remédio é o grito
Não vou! Não quero!
[…]

Pegada forte

Pegada forte

Pegada forte
Sangue quente
[…]

Ninho

Ninho

hoje o dia é azul
não pela cor do céu
ou do mar
[…]

Fado

Fado

De onde vem esse fado
Que me canta as entranhas
Como um barco perdido
No mar do meu sangue?
[…]

Linho negro

Hoje sou toda silêncio
linho nobre
que trago na alça do sutiã
[…]