1 comentário

(sem título)

frida_kahlo_the_love_embrace

a extensão das finas coisas toca-me profundo, como se de tudo dependesse esse gerúndio, só é inacabado. o cuidado irrefutável e a agonia da ausência nos impele a ansiar por mais. devotos, talvez equivocados, evocamos o que nos fere e liberta. a fúria embaraçada entre esferas do mais primitivo amar tem sido o ponto de chegada, mesmo antes de haver partida. constantemente, me pego no torpor de lembranças inefáveis. não existe expressão delicada desvinculada de ti, amado. doce e amargo querer, o oposto do oposto avesso de ser. declino-te tal verbo transitivo e esculpe-me tal pedra bruta.

 

 

Imagem: El Abrazo de Amor del Universo, la Tierra (Mexico), Diego, Yo y el Senor Xolotl, óleo sobre tela, 1949, por Frida Kahlo
Anúncios

Sobre Larissa Marques

Escritora, poetisa, leitora compulsiva, amante de Baudelaire e T.S. Eliot

Um comentário em “(sem título)

  1. evocar ao que nos fere é libertar a alma de seus medos. a intensidade e a profundidade de Larissa Marques sempre me cativam…

    Curtir

Seu comentário é bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: