Deixe um comentário

CHI LO SA?

list_640px

CHI LO SA?

Não sei bem quando foi
Qual o exato tempo
O compasso dessa dança
Deve ter sido lá
Bem no começo
Bem na estreia
Dessa tua iniciação
Quando teu olhar de fauno perdido
Lançou esses dardos
Pelo arvoredo escalvado

CHI LO SA?

Desde então teus olhos vagam
Tão atentamente dispersos
Que passam por mim
Navegam sem rumo
Feito desaprumadas escunas

CHI LO SA?

Meus olhos fechados
Distraem os dardos
Esses mesmos
Que cingem meus atos
Guardam os meus tratos
Derramados dentro de ti

CHI LO SA?

O mundo segue
A dança segue
Teus olhos passam
E tudo canta ainda
Minha falta de jeito
Nessa absurda engrenagem

CHI LO SA?

Anúncios

Sobre Rosa Cardoso

Pseudo-poeta! Batizei-me assim quando ,depois de ler Bandeira , atrevida e teimosa cometi uns versos. Li e os achei esquisitos e parecidos comigo. Adotei-os. Os contos vieram depois e nasciam meio mortos. Os leitores reclamavam : Onde está o final? Sofria buscando dar um final aos natimortos. Isso foi antes. Passado, pretérito mais que perfeitinho, agora quero sinceramente que os finais se danem. Não gostou? Inventa um. Se for legal me mostra.

Seu comentário é bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: