1 comentário

Pelas vidraças

 

olhar

Pelas vidraças das minhas retinas
Palavras voam feito pipas
Descortinando nuvens de momentos

Chove fininho
E a chuva inunda minha face
Nem parece que choro
Mas choro

É que lá fora – fora de mim – além das minhas janelas
A vida vai passando
O bonde vai passando
As páginas vão passando

E o livro de mim vai findando
Como um triste fim de filme
Aqui dentro

Anúncios

Um comentário em “Pelas vidraças

Seu comentário é bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: