Deixe um comentário

Homogênese

night_fishes_picasso

Abram alas, ó gente minha,
Que a morte exige passagem
E almeja pôr na bagagem
Este poeta mais uma andorinha,
Dois bispos,
Três onças pretas,
Quatro ladrões,
Cinco atletas;
Seis fetos recém abortados,
Sete peixes,
Quatorze magistrados,
Vinte dois idealistas,
Cento e setenta e um empresários,
Oitenta senadores de república,
Trezentos e quarenta e nove negrinhos sem pastoreio…
E uma vaca sagrada de “Krishna”.

Há de juntar-nos em um só balaio,
Onde, em razão do espremido,
Não há olhar de soslaio,
Não há mugido arrogante,
Tampouco, as pompas altivas,
Nem divas,
Nem raparigas,
Sequer, senhor ou lacaio;
E em despojo, n’ante-sala,
Virá, da mistura, um cheiro
De cão perdigueiro e barro,
Com o pó-de-broca e escarro,
De alcatras virando adubo…
E pr’outros que se escapolem,
Julgando-se ora seguros…
Assim como quem não quer nada,
Dentre as vísceras pastosas,
Pavorosa que só ela…
Ei-la, que surge equipada,
Ardilosa,
Cavernosa,
Grotesca
E dissimulada;
Porque a danada é ferrenha,
E se é ferrenha… quer tudo!

E com o seu tubo estreito e forte
E afunilado…
E sem graça…
Que aspira recrudescente,
Sem cotejar cor ou raça,
Esganada, ela devora
Qualquer fauna que se aflora,
E a flora que mal se arvora…
Sendo que, depois do abraço,
Branco ou preto viram cinza,
Qualquer sangue irriga um pasto,
Todo orgulho ao pó retorna!

No entanto, passaria,
Sem fobia e com vantagem,
Quem fez as dietas certas
Das gorduras do caráter,
Pois o filtro afunilado…
– Vejam só, que amor-talhado!
Só permite que almas finas
Transpassem pr’um melhor lado.

Abram alas, minha gente:
Eis que a morte se aproxima;
Tanta ânima me anima,
Mas a voz soa cansada;
E se ao fim da vã jornada,
Sem bússola,
Sem candeeiro,
Aos suspiros derradeiros,
Dou-me em seiva aos bons canteiros…
– Eis-me trigo enriquecido,
– Eis-me centeio macerado;
– Eis-me essencializado,
– Eis-me, em verso, terminado.

 

Mailton Rangel

Imagem: Pesca Noturna em Antibes, 1939, de Pablo Picasso
Anúncios

Seu comentário é bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: