4 Comentários

tormenta

tormenta

um facho de luz
cruzou teus cabelos
pancadas de chuva
dois corpos no chão
previsão de fogo
ao sul dos teus seios
rajadas de vento
na ponta dos dedos

Anúncios

Sobre Daniel Moreira

Nasceu em Caçapava do Sul e mudou-se para Pelotas no final de 1996. Publicou dois livros de poesias, Poemas Urbanos em 2009 e [Re]versos em 2012. É autor fixo da Revista Samizdat e um dos idealizadores do projeto Poesia no Bar.

4 comentários em “tormenta

  1. Sucinto. Crucial.

    Curtir

  2. O Daniel faz poemas simples, intensos e bonitos. Gosto demais.

    Curtido por 1 pessoa

Seu comentário é bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: