2 Comentários

Nos anais

Reger o continente depravado
É missão de sinistros animais,
Assassinos, ladrões e generais,
No parlamento esplêndido do Estado!

Organizam discípulos desleais…
A vil conspiração do Consulado
Por homens de respeito invalidado
Em quartéis, ministérios, catedrais

São bestas que figuram nos anais
Presidentes, senadores, deputados
E os juízes, assessores e cardeais

E o povo indolente e seviciado
Dá de costas, de frente e de lado
E vez por outra ainda pede mais.

David Moura & Wasil Sacharuk
Anúncios

Sobre Wasil Sacharuk

Wasil Sacharuk é gaúcho de Pelotas e facilitador de oficinas de produção textual literária e de escrita criativa focalizadas no desenvolvimento do interesse pela produção textual e a troca de experiências entre escritores amadores. Publicou “Uma Outra Gnose”, “Sete Sinas”, “Soneto Libertino”, "Catilinárias I", "Catilinárias II", "Da Janela Virtual", "Acrósticos", “O Arquivo e a Verve”, "InspiraturasLab" e "Escorpião - versos autobiográficos". Wasil Sacharuk publica em www.wasilsacharuk.com

2 comentários em “Nos anais

  1. Um dueto entrelaçando a verve dos extremos desta nação-continente. Só posso aplaudir, reler e aplaudir novamente.

    Curtir

  2. poxa, demais! sou suspeita, adoro sonetos, mas este está realmente muito bem escrito, com simplicidade e crítica ácida! parabéns, Wasil!

    Curtir

Seu comentário é bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: