Deixe um comentário

ANAMBÉ

ANAMBÉ
(Arthur Vital/Muryel De Zoppa)

Ô Anambé!
Ê Anambé!

Sua licença, ó Macaná
que é menestrel encantado
Mas cantarola com Muihu
E filosofa lá
sarapanteia cá
Na oca do bravo guerreiro Cairari
caçado o jabuti
Que esquenta a palha e prensa
no ritmado dos
cantos
do Pacajá

Ê Pará!

Pajé Tupi
Tupi-Guarani
da fala anambé
Rimando na caça
Remando o Ubá: Ebêboá…

Ê Menestrel
Sapiência
Pajé-Macaná!

Anúncios

Sobre Muryel De Zoppa

Muryel De Zoppa é autor do livro "Crônicas, Metáforas e Outros Mamíferos". Corroteirista dos curtas "Arrotos e Soluços", "Bom-Dia" e do longa-metragem "O Herói Hesitante" (em pré-produção), assina os espetáculos "Um Céu Para Dragões" (Grupo Giz de Teatro) e "Liquidados" (em parceria com o escritor Samuel Giacomelli). Publica nos sites Germina, Cronópios e é colunista do Página Cultural.

Seu comentário é bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: